COMER, BEBER 20

COMER, BEBER…

Como beber bem e gastar pouco?

Sim, acredite, é possível aliar preço baixo a cerveja de qualidade, basta anotar as dicas a seguir

Por Alessandro Pinesso

Cerveja barata costuma ser cerveja ruim, certo? Nem sempre, depende, depende muito. Hoje vou dar algumas dicas para quem gosta de beber cerveja boa, mas tem sempre aquele escorpião no bolso pronto para dar uma ferroada na mão.

Já explicamos em textos anteriores porque a cerveja especial custa mais caro que a comum. Mas, de quando em quando, dá pra fugir um pouco dos altos preços e tomar aquela importada ou brasileira de alto nível gastando menos – sim, é possível! Vamos lá?

Ofertas

Os supermercados que trabalham com cervejas especiais costumam fazer promoções muito boas de vez em quando. A rede Pão de Açúcar, por exemplo, faz isso praticamente todas as semanas – e a coisa fica ainda melhor se você se cadastrar no programa Cliente Mais, que é simples e gratuito.

São frequentes as promoções de sexta-feira, quando todas as cervejas especiais são vendidas com 50% de desconto em várias lojas. Por isso, fique atento. Procure também em supermercados como o Zaffari e o Mambo, sempre com boa variedade de rótulos e preços atrativos.

Lojas e empórios, como o famoso Empório Alto dos Pinheiros, em SP, sempre têm promoções entre os itens à venda – geralmente, cervejas que estão próximas da data de vencimento. Mas, no caso do EAP, só mesmo telefonando ou passando na loja. As ofertas ficam sempre perto do caixa.

Redes Sociais

Procure nas redes sociais grupos voltados à cultura cervejeira. Sempre tem alguma indicação ou oferta que valem a pena. No Facebook, por exemplo, há um grupo chamado Bier Economia, onde os membros publicam ofertas cervejeiras. Embora seja um grupo fechado, é possível entrar em contato com os administradores e pedir para entrar.

Importadoras

Uma alternativa interessante para quem não quer esperar ou caçar ofertas são as importadoras. Muitas delas vendem para pessoa física, geralmente a partir de R$ 250,00. A única desvantagem é que as caixas são vendidas fechadas, ou seja, na maioria dos casos você terá de comprar a caixa de um único tipo de cerveja.

Mas não custa nada insistir um pouco, às vezes os caras vendem caixas mistas, ou seja, com rótulos variados. O ideal aqui é reunir um grupo de amigos cervejeiros e fazer compras periódicas. Vale muito a pena e, na média, sai pela metade do preço das lojas. Há muitas importadoras por aí: Uniland, Bier&Wein, Get Bebidas Especiais, entre outras.

Growlers

Já falei aqui na coluna sobre o growler, que nada mais é que um garrafão, geralmente de dois litros, para armazenar sua cerveja. Pois bem, há diversos bares que fazem chope artesanal e vendem o conteúdo do growler por preços inferiores aos praticados para doses menores.

É uma boa pedida par quem gosta de cerveja boa com preço mais em conta. Informe-se sobre os bares de sua cidade que oferecem esta modalidade de venda e aproveite.

Saúde e até a próxima!

Comer_Alessandro-cor Alessandro Pinesso é redator, roteirista e também sommelier de cervejas. Formado pela ABS – Associação Brasileira de Sommeliers, escreve para o Clube Sexy esporadicamente. Contato: pinesso@gmail.com.